August 26, 2019

Please reload

Posts Recentes

Game design = Criar VIDEO games?

February 16, 2017

 

(If you'd like to read this in English, here's the translation: https://www.skimpysoft.com/single-post/2017/09/21/Game-DESIGN-Creating-VIDEO-games )

Uma coisa engraçada que eu vi alguns anos atrás, investigando cursos de "Game Design", é que ainda existe muita gente que confunde as coisas...
Uma amiga minha fazia Game Design numa "faculdade particular famosa da área metropolitana de São Paulo", e ela reclamava que mal aprendia a codificar, e que perdia tempo com aulas que iam de dramaturgia a roteirização.
Hoje eu posso dizer com clareza que discordo... e também concordo com ela.

Pra começo de conversa, "Game Design" não quer dizer "Video Game Design". Então, programação nem é obrigatória mesmo.
O designer vai inventar um desafio intelectual, nada mais: vai criar as regras e dar os limites com que o jogador vai ter que lidar para atingir a vitória.
Faz parte do trabalho dele criar essas regras usando a mídia disponível para ele do melhor jeito possível.
Se você for um "Game Designer" e eu te der 10 pedrinhas pequenas, uma pedra grande e um martelo, e falar: "Crie um jogo", você tem que conseguir criar um jogo com a "mídia" que eu te dei. Se uma editora chegar pra você e pedir um jogo de tabuleiro usando só papelão, você não vai poder fazer um jogo que transicione
entre 120 cenários diferentes, e por aí vai...

Então, se ela estava interessada em codificar, ela devia ter estudado por conta. Game design é um tema absolutamente abstrato, e suas fronteiras vivem mudando.

Mas essas fronteiras também não são motivo pra pegar um monte de aulas das mais diversas grades curriculares, enfiar num liquidificador, e inventar um curso.
E é isso que as faculdades normalmente fazem. É uma disciplina nova, e professores de faculdade em grande parte são uns tiozões que na maioria das vezes nem sabem diferenciar o design de um jogo estilo "Mario" pra um estilo "Metroidvania"...

Eu aprovaria se curso tivesse um nome mais sincero: "Produção e direção de jogos digitais": Um produtor precisa entender um pouco de cada aspecto da criação para coordenar pessoas, e encontrar as pessoas certas para cada posição.

A partir daí você já viu que eu acho que "faculdade de game design" é uma furada, né?

Criar um vídeo game envolve várias disciplinas, e coordenar pessoas com as mais diversas especialidades. Criar um curso que tenta ensinar todas estas habilidades a uma só pessoa só vai levar à frustração. E infelizmente foi o que aconteceu com a minha amiga, e a muitas outras pessoas. (no final ela foi atrás de cursos de programação e
meteu a cara no mercado até que alguém a contratasse, mas isso já é outra história...)

Um estúdio não vai querer um "faz de tudo, que tudo que faz é meia-boca"....vai querer contratar pessoas especializadas em suas respectivas áreas.
Programação? Aluno de Ciências da computação. Esse cara consegue até customizar uma engine.
Ilustração? Aluno de artes. Ele vai conhecer diversos estilos e as ferramentas do mercado.
O jogo tem uma história complexa e precisa de um script que trabalhe bem os personagens e suas motivações? Aluno do curso de comunicação, jornalismo, letras...
(já que não existe "curso de escritor")

Se você chegar lá, e SE for como Game Designer, é capaz de você ouvir: "Ah, sei lá, enfia ele em stage design... ah, você é bom escritor? Repassa o texto do script... ah, você é bom desenhista?
Dá uma olhada em como a equipe de animação tá indo..."
E pronto, você virou produtor. E seu sonho de criar jogos vai lentamente sendo mastigado por grandes empresas.

Quer uma dica? Ao invés de dar grande foco de estudo a game design e pequeno foco a um monte de outras artes, DESCUBRA qual destas artes mais lhe atrai, DEDIQUE-SE a ela,
e siga em paralelo com game design: leia livros, ouça uns podcasts... e JOGUE. JOGUE MUITO. Por que tem uma cacetada de "faculdade de game design" que nem tem
bibliografia(gameografia?) obrigatória (seria uma lista de jogos que você TEM que jogar por que são exemplo de bom game design).

Pra encerrar e dar credibilidade ao meu conselho: Sabe quem mais começou assim?
-Hideo Kojima: programador;
-Tomonobu Itagaki: programador;
-Rieko Kodama: ilustradora;
-Gary Winnick: ilustrador;
-Tim Schafer: escritor;
-Roberta Willians: escritora;
-Al Lowe: comediante(!).... e escritor;
-Daisuke Ishiwatari: músico;

P.S.: e nada de errado se você quiser ser produtor. Aliás, se é isso que você quer, até te recomendo um livro: "Manual de produção de Jogos Digitais" (Heather Maxwell Chandler)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2018 por DoutorSocial.